Planta

Reforma Biblioteca Sedes

Projeto: 2014. Obra: 2015.

Equipe: Anita Freire, Georgia Lobo e Mina Warchavchik.

 

As principais demandas da reforma da Biblioteca Madre Cristina do Instituto Sedes Sapientae eram possibilitar a ampliação de seu acervo nos próximos dez anos e melhorar a acessibilidade dos espaços de consulta e dos funcionários.

 

Depois de vários estudos, decidimos propor a remoção de duas salas de reunião do espaço da biblioteca para outro local do prédio, ganhando, dessa forma, uma área importante para a qual deslocamos a reserva técnica e a área de atendimento aos alunos.

 

Na entrada, foi criado um móvel que organiza a chegada à biblioteca e guarda a exposição dos objetos pessoais de Madre Cristina, fundadora da instituição.

O acervo foi reorganizado, ocupando um espaço de aproximadamente 10x10m, com capacidade para abrigar 5.550 novas aquisições, além do acervo existente. A sala de leitura foi separada da seção de informática e da recepção, preservando mais silêncio para a realização de pesquisas.

 

O novo mobiliário proposto foi, em parte, feito sob medida, pois foram consideradas as especificidades do trabalho da equipe de funcionários. A outra parte foi contemplada por peças específicas para uso em bibliotecas. Em ambos os casos, preservou-se a identidade visual pensada para o espaço, com cores claras e o azul característico do Sedes.

 

A pedido do cliente, o projeto foi pensado para ser executado em etapas. Até o momento, apenas a primeira etapa foi executada.

 

 

Cortes

Vista da recepção da biblioteca

Vista do balcão de atendimento

Vista do acervo