Sobre o escritório:

 

Oficina d.a. é um escritório de arquitetura com mais de 10 anos de atuação, formado pelas arquitetas Anita Freire e Georgia Lobo, colaboradoras(es) e parceiras(os). 

 

O escritório atua em diversas frentes de trabalho: projetos de arquitetura, estudos urbanos, mobiliário e fotografias. Trabalhamos com projetos residenciais, comerciais, institucionais e projetos de espaço público.

 

Nos projetos realizados nos interessa investigar as diversas possibilidades da arquitetura. Nos primeiros estudos realizados sempre nos propomos a apresentar diferentes alternativas e caminhos para o programa a ser realizado.

O trabalho de arquitetura envolve a concepção do projeto e o seu desenvolvimento para um documento guia que que servirá para a construção da obra

Nosso trabalho é feito de modo remoto, com exceção das visitas técnicas realizadas no local do projeto. Fazemos projetos em diversos municípios, temos projetos realizados em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. 

Sobre as arquitetas:

 

Anita Freire

Graduada pela Escola da Cidade em Arquitetura e Urbanismo em 2008, e Mestre em Arquitetura e Urbanismo pelo Programa de Pós Graduação da FAU-USP, em 2018. Trabalhou de 2007 até 2011 no escritório de arquitetura Siaa, na elaboração e coordenação de projetos de arquitetura. Neste mesmo período fez parte do escritório de arquitetura E4. De 2011 a 2013 trabalhou na empresa Diagonal - desenvolvimento de territórios na coordenação de Diagnósticos Integrados em Socioeconomia e pesquisas territoriais. Trabalhou como professora assistente na Escola da Cidade de 2009 a 2016 e também como professora de Urbanismo em 2018. Desde 2012, se dedica aos projetos e obras realizados pela Oficina d.a. e pelo ][ Grupo Fresta.

 

Georgia Lafraia Lobo

Graduada pela Escola da Cidade em 2008, é pós graduada pela mesma instituição em Educação, arquitetura e sociedade. Trabalhou no escritório de arquitetura Siaa em 2008 com o arquiteto Cesar Shundi. Naquele mesmo período, com os arquitetos Pedro Freire, Patrícia Abud e Anita Freire, fez parte do escritório de arquitetura E4. De 2009 a 2013, trabalhou no escritório Pedro Mendes da Rocha na elaboração do projeto do Museu da História de São Paulo, entre outros projetos. Trabalhou como arquiteta colaboradora no escritório VD Arquitetura, onde participou do projeto de restauro do Sobrado Aguiar Vallim em Bananal. Desde 2013 se dedica aos projetos da Oficina d.a. .

Sobre os projetos de arquitetura:

Prazos e etapas:
O desenvolvimento do projeto não é feito de imediato, leva algum tempo para sua elaboração, já que é desenvolvido em etapas. Normalmente fazemos em duas ou três etapas, depende do grau de detalhamento exigido no projeto e pelo cliente. As etapas são: Estudo preliminar, Projeto Básico Executivo e Projeto Executivo Completo (opcional). Cada etapa leva de 4 a 8 semanas para serem executadas, dependendo da complexidade do projeto.


Projetos complementares:
Ao se contratar o projeto de arquitetura sempre indicamos a contratação dos projetos complementares de engenharia (estrutura e fundação, elétrica e hidráulica). Pois o projeto de arquitetura não contempla o cálculo estrutural e de instalações hidro sanitárias e elétricas. Faz parte do projeto de arquitetura uma planta de locação de instalações que mostra todos os lugares que deverão ter ponto de tomada, iluminação, ponto de saída de água e esgoto, com sua localização e altura.


Levantamento do imóvel:
Antes de iniciar o projeto também é fundamental que se faço um levantamento cadastral ou topográfico, caso haja desnível no terreno. Esse é um documento fundamental para o início do projeto. Esse trabalho pode ser feito por um topógrafo ou alguém que tenha conhecimento.


Projeto Legal:
Caso haja necessidade do licenciamento da obra, sempre indicamos a contratação de um profissional local para este trabalho, pois cada prefeitura tem uma exigência específica de cadastramento de profissional, e este trabalho requer muitas visitas até a finalização do processo final de aprovação. Casa o cliente queira que nosso escritório realize este trabalho, deverá ser cobrado um valor à parte.

Produtos por etapas:
O desenvolvimento do Estudo Preliminar envolve a análise do terreno, dimensionamento da obra e definição do programa de necessidades (número de ambientes que os proprietários desejam), levantamento da legislação local, proposta de sistemas construtivos, primeiras plantas e desenhos conceituais do projeto. Este trabalho pode apresentar algumas versões como possibilidades.


O Projeto Executivo Básico consiste no desenvolvimento completo da proposta definida no estudo preliminar, e contempla: planta de todos os pavimentos do projeto, com cotas e especificações de acabamento; desenho de todas as fachadas; diversos cortes (longitudinais e transversais) que mostrem como o projeto se resolve; planta de cobertura, planta de piso e planta de instalações. Esta etapa, pode incluir a compatibilização de projetos complementares (estrutura, hidráulica, elétrica...) e por isso pode envolver uma entrega posterior ao processo de compatibilização.


Já o Projeto Executivo Completo traz pormenorizados detalhes específicos da construção, como o detalhamento de portas e janelas, desenho de mobiliário, e ampliação das áreas molhadas (cozinha, banheiros e área de serviço).

 


Valores:
O valor do projeto de arquitetura é cobrado conforme recomendação do IAB (2 a 10% do valor estimado da obra). Para se estimar o valor da obra utiliza-se recorrentemente o CUB (Custo Unitário Básico da Construção Civil), que varia de mês a mês, e de estado para estado, e a área do projeto (que é estimada de acordo com conversa preliminar feita com o cliente).
 

.

hands.jpg
logo croqui 2 100.jpg