Concurso  Teatro Castro Alves

Projeto: 2010.

Equipe: Acácia Furuya, Anderson Freitas, Anita Freire, Carlos Ferrata, Cesar Shundi Iwamizu, Elisa Ito, Gleuson Pinheiro Silva, Julio Cecchini, Luan Carone, Mário Tavares Moura Filho, Pedro Barros e Pedro Ivo Freire.

 

Este projeto foi elaborado para o Concurso Nacional de Anteprojetos para o Complexo do Novo Teatro Castro Alves e foi classificado em 3º lugar.

 

O partido do projeto busca não só preservar o patrimônio arquitetônico, como também preservar o patrimônio imaterial criado em torno do TCA, já que esse local se consolidou como espaço de grande importância cultural para a cidade de Salvador. A readequação do edifício existente visa ordenar os espaços por meio de uma nova distribuição capaz de otimizar a área construída, organizando os programas e circulações de modo a garantir hierarquia e dimensões condizentes com o caráter público ou técnico dos programas.

 

Assim, o projeto valoriza o vão livre sob a plateia, ampliando seu espaço e criando uma continuidade espacial em direção ao vale, dando sentido à própria geometria do fundo da plateia do edifício. Essa condição amplia o espaço público no interior do edifício, garantindo acesso franco a programas como a Sala de Coro e a nova Sala de Concertos.

 

Esse novo espaço público posicionado no interior do edifício possibilita a conexão direta com os programas previstos na área de ampliação, evitando a fragmentação dos espaços e o consequente isolamento dos novos programas em relação aos espaços públicos existentes.

 

Os novos programas são organizados em um único edifício, uma nova infraestrutura capaz de abrigar a diversidade funcional dos programas e, simultaneamente, criar uma nova geografia em contraponto ao Vale.

 

Esse novo edifício cria um paralelo com o foyer atual localizado em frente ao Campo Grande, transformando o atual fundo de vale em uma nova frente, valorizada pela caixa suspensa do cinema e pelo novo restaurante que, além de liberar o espaço do foyer para o grande público do teatro, desfruta das qualidades ambientais permitidas pelo novo jardim.

 

Plantas do teatro existente reformuladas para os novos usos

Planta do térreo, teatro existente e edifício anexo

Plantas: edifício anexo

Vista superior: edifício existente e edifício anexo

Vista superior: edifício existente e edifício anexo

Vista da nova entrada do teatro

Vista noturna: edifício existente e edifício anexo

Vista do edifício anexo